O Mel

O mel é um dos muitos produtos que as abelhas põem à nossa disposição. Talvez o mais conhecido pela sociedade. Mas as abelhas fornecem muitos mais produtos, como a geleia real, a apitoxina, a própolis, a cera, etc.
O mel é produzido pelas abelhas Apis mellifera e resulta da recolha dos néctares florais e que a abelha combina com as secreções que produz pelas glândulas. A abelha armazena o néctar nos favos, onde após um processo é transformado em mel e poderá ser consumido tanto pelas abelhas como pelo Humano.
Já reparou na variedade de méis que existem no mercado?
 
A cor do mel varia conforme o teor de determinados compostos. O mel pode variar entre o branco-água, extra-branco, branco, âmbar, extra-claro, âmbar e âmbar escuro. Por exemplo o mel de urze é um mel escuro, já o mel de laranjeira é um mel claro. Méis mais escuros têm um sabor mais intenso do que os méis claros.
Também encontramos os méis monoflorais e os méis multiflorais. É dado o nome de mel monofloral quando na sua composição polínica predomina uma determinada espécie botânica (exemplo: mel de alecrim, mel de urze, mel de rosmaninho, etc.). Para que o mel seja considerado monofloral é necessário apresentar valores mínimos de determinado pólen:
  • Mel de Urze – tem de apresentar 45% de pólen de Urze (Erica sp.)
  • Mel de Rosmaninho – tem de apresentar mais de 15% de pólen de Rosmaninho (Lavanda sp.)
  • Mel de Castanheiro – tem de apresentar mais de 70% de pólen de Castanheiro (Castanea sativa)
Os méis multiflorais são aqueles que na sua composição polínica não apresenta uma predominância de determinada espécie botânica ou que não atinja os níveis estabelecidos para ser considerado mel monofloral.

Experimente a variedade de méis que as nossas abelhas, Apis mellifera, produzem e delicie-se com os distintos sabores.

Artigo Reproduzido https://confrariadomel.blogspot.com/search?q=mel

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.